No tempo em que eu era piadista

Vixe!Teve uma época em que eu era o terror do bá-dum-tss.

O auge deve ter sido entre a 3ª e a 5ª série. Período dourado quando eu ainda não tinha desenvolvido minhas tendências depressivas.
O meu principal público: as amigas da escola.
O nosso passatempo era gargalhar. E eu na frente inventando as tiradinhas engraçadas para alegrar até mesmo as aulas de estudos sociais [é a nova!].
Gastava tanto tempo nisso que chegava a hora do recreio e eu ainda não tinha terminado de copiar o assunto do quadro. Quantas vezes só fui “merendar” quando a campa(inha) já estava pra bater. Hahaha. Continuar lendo “No tempo em que eu era piadista”

No tempo em que eu queria ser escritora

Image

Na infância quis ser muita coisa: cantora, professora, bailarina, dramaturga, escritora, arquiteta, dançarina da Daniela Mercury (pasmem \o/), jornalista, advogada, publicitária, atriz…

Consegui ser as opções #2 e #8. E acho que já posso me chamar pretensiosamente de escritora. Continuar lendo “No tempo em que eu queria ser escritora”