No tempo em que estar solteiro no dia dos namorados importava

Neste Dia dos Namorados 2016 resolvi convidar um amigo para dividir experiências aqui. Sei que vocês já estão cansados das minhas histórias. 😀
O Lucas Marreiros também tem blog e nós participamos de um coletivo que ainda vai render muita parceria boa que nem esse post aqui. Tivemos a ideia numa conversa do whats e daremos nossos pontos de vista sobre como é passar essa data tão romântica estando sozinho. Acompanhem… Continuar lendo “No tempo em que estar solteiro no dia dos namorados importava”

No tempo em que eu não aceitava o fim

Provavelmente todos nós já adiamos o fim de algo na vida por diversas razões.
Por medo, por achar que faltava preparação para encarar a verdade ou mesmo por querer ignorar que o fim realmente já aconteceu e não há mais nada a se fazer. No meu caso era a última alternativa mesmo, mas vou passear pelas outras só pra contar uma história pra vocês. Continuar lendo “No tempo em que eu não aceitava o fim”

No tempo em que eu fotografava

09

Fiquei encantada com a fotografia ainda na faculdade, mas não me aprofundei nos estudos com a câmera.
Fiz curso bem depois pra relembrar tudinho que tinha visto lá e aprender mais, mas não me dediquei o suficiente.
Talvez por falta de um equipamento pra chamar de meu, talvez por falta de tempo ou interesse real mesmo.
Então, as fotos que tento fazer são todas providas mais de amor do que de técnica, preciso admitir. Continuar lendo “No tempo em que eu fotografava”

No tempo que as crises eram datadas

Foto: Uol

Não. Este post não é para tratar da crise econômica do país, mas poderia ser.
Assim como ela, as crises que vou tratar deveriam ser mais curtas. Pra gente aproveitar melhor a vida sem neuras e sem problemas financeiros, né!?
Nada é perfeito, amiguinhos. Cola aqui e vamos conversar sobre esses fantasmas bem reais. Continuar lendo “No tempo que as crises eram datadas”