No tempo em que eu fotografava

09

Fiquei encantada com a fotografia ainda na faculdade, mas não me aprofundei nos estudos com a câmera.
Fiz curso bem depois pra relembrar tudinho que tinha visto lá e aprender mais, mas não me dediquei o suficiente.
Talvez por falta de um equipamento pra chamar de meu, talvez por falta de tempo ou interesse real mesmo.
Então, as fotos que tento fazer são todas providas mais de amor do que de técnica, preciso admitir.

Minha sobrinha vai casar e me pediu um daqueles ensaios pre-wedding lindos e tal. Corri pro Pinterest e me deparei com muita referência maravilhosa (tente passar menos de 20 minutos navegando por fotos de casamento e depois volte aqui pra me contar se conseguiu). Logo entendi que teria limitações.
Começou com o pouquíssimo tempo dos noivos. Foi difícil encontrar um dia que desse pros dois e pra mim também, afinal não sou lá uma pessoa de agenda fácil. Marcamos e consegui a câmera. Ok!
A locação escolhida foi a Potycabana. Sim. Onde dez de cada dez ensaios são realizados aqui em Teresina. Beleza.
Pensei num cenário romântico que coubesse dentro das limitações de tempo e grana pra ambientar as fotos. Pinterest também foi determinante nesse ponto.
Chegou o dia. Na véspera, preparei o varalzinho de corações (que vocês verão nas fotos abaixo) e outras coisinhas feitas a mão mesmo. Muito amor envolvido.

Screen Shot 02-12-16 at 01.51 AM

O casal se atrasou e já pegamos sol alto para minha tristeza. :/ Isso deletou 90% dos possíveis cenários naturais fotografáveis na Potycabana. Descolamos um cantinho sombreado e tivemos que esperar uma fotógrafa profissional finalizar um ensaio de grávida com os dois filhos vestidos de pepa ou minions, não lembro agora. Só sei que tava fofo.
Depois que eles terminaram, posicionamos as coisas e começou a brincadeira. Brincadeira que nada! Dá muito trabalho fotografar e respeito muito todos os meus amigos fotógrafos. Vocês são foda.
Eu não contava que o vento ia desestabilizar o varalzinho a ponto de eu ter que esperar parar de ventar tão forte pros coraçõezinhos saírem bonitos na foto. Além disso, teve luz diferente pra caramba, teve falta de equipamento, falta de produção… Enfim, foi a primeira vez que eu me aventurei assim e acho que eu ainda preciso melhorar tudo. Hahaha. Gostei da experiência. No dia que eu comprar minha câmera vou sair fotografando sempre que tiver tempo. E voluntários. 😉

Se liga no álbum que tá puro amor. ❤

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s